Vocês conhecem aquelas carinhas que refletem emoção?!

 Elas são excelentes para ajudarmos nossos filhos a adquirirem vocabulário sobre seus sentimentos. Ensinar os filhos a se expressarem é algo importantíssimo ! 

 Muitos papais e mamães acham que os filhos são muito novos e não entendem sobre as emoções e deixam de ensinar porque acham que eles não vão entender. Nossos filhos sentem as mesmas coisas que nós: alegria, saudade, tristeza, raiva, medo, braveza, enfim todos esses sentimentos, por isso precisam aprender a dar nome a esses sentimentos e conter os comportamentos errados. 

 Guarde essa frase: “O sentimento é livre, mas a ação é limitada”. Você pode sentir raiva, mas não pode bater nas pessoas. Você pode estar cansada ou chateada, mas não pode deixar de cumprimentar ou tratar mal as pessoas. 

 Muitas crianças quando estão cansadas, com sono, com fome, etc. tratam mal os outros e não são repreendidas pelos pais, assim, as ensinamos que dependendo do humor delas, elas podem tratar mal as pessoas. 

 Mesmo sem desejarmos ensinamos isso… Por isso se antecipe a essas situações promovendo o que seu filho precisa e nunca deixe de ensinar o que é correto. Ensine seus filhos a dar nome aos sentimentos, com o tempo, ao invés de bater ele aprenderá a dizer, estou ficando irritado, ou estou cansado, fiquei bravo, não gostei do que você falou, me respeita….. Você pode começar a ensinar isso a partir dos 2 anos. 

 Separe as “carinhas” coloque em um lugar visível e quando seu filho tiver alguma alteração no comportamento, vá ao quadro e ensine ele a dar nome ao que está sentindo. Explique que quando ele disser você poderá ajudá-lo de uma forma melhor, que sempre estará ao lado para ajudá-lo e socorré-lo em qualquer situação. 

 Se ele morde, bate, dá socos, ensine a nomear o que está sentindo e depois diga: não batemos, nem machucamos em pessoas (ou animais) ! 

-Cassiana Tardivo @mamaeeducadora